Manila

 
 
 
3-5
 
10+
 
60 min
 
Designer: Franz-Benno Delonge
Mecânicas: Leilão, Apostas, Especulação Financeira, Rolagem de Dados, Alocação de Trabalhadores
Lançado na Alemanha pela Zoch-Verlag, Manila e em 2011, trazido ao Brasil pela Devir, Manila é um jogo bem particular de leilão e alocação de trabalhadores.

 

Em Manila, os jogadores são comerciantes no mercado negro das Filipinas durante a dominação espanhola. Seu objetivo é ganhar o máximo de dinheiro possível por meio da compra de ações e o suborno de chalupas que atravessam as águas do arquipélago, carregando contrabando para a cidade de Manila.

No início de cada rodada, ocorre um leilão pela capitania do porto, garantindo a possibilidade de compra de novas ações, a escolha da posição dos barcos e quais produtos estarão disponíveis naquele dia de trabalho. A partir de então os jogadores se revezam posicionando seus meeples sobre os diversos espaços no tabuleiro e apostando no resultado do final da rodada. Entre as rodadas de posicionamento, dados são rolados e os barcos avançam rumo a Manila. Lucrar ou falir depende do cálculo das probabilidades, jogadas estratégicas e de uma boa dose de sorte.

Assim que uma das mercadorias atinge seu valor máximo no tabuleiro, o jogo é encerrado e são contadas as moedas e o valor das ações de cada jogador. Aquele com mais pontos é o vencedor.