Vudú

 
 
 
3-6
 
8+
 
30 min
 
Designer: Francesco Giovo, Marco Valtriani
Mecânicas: Administração de Cartas, Atuação, Rolagem de Dados
Vudú é um party game de rolagem de dados, no qual os jogadores assumem o papel de malígnos feiticeiros que reúnem ingredientes para lançar as mais terríveis maldições em seus adversários. Lançado originalmente pela Mayday Games via financiamento coletivo em 2016, teve sua versão brasileira neste mesmo ano pela Meeple BR.

Durante o seu turno, um jogador deve rolar os dados e utilizar as combinações dos ingredientes representados para lançar maldições de sua mão ou adquirir novas cartas, sejam elas maldições ou artefatos. Quando uma maldição é lançada, o jogador descarta os dados com os componentes necessários, anuncia em voz alta o jogador que foi amaldiçoado, recebe os pontos e por fim posiciona a carta revelada na sua área de jogo. No fim de seu turno, o jogador passa o boneco de vudú para o próximo jogador, junto aos dados. Os jogadores amaldiçoados em Vudú sofrem efeitos em momentos específicos do jogo, como ter que estalar os dedos antes de passar o vudú ou mesmo jogar a partida inteira com a cabeça grudada na mesa. Assim que uma maldição é quebrada, por intenção ou esquecimento do amaldiçoado, a carta é descartada e o jogador que a lançou recebe os pontos extras descritos na carta. 

Fora as maldições, o jogo possui as cartas de artefato que podem trazer vantagens aos jogadores, facilitando o lançamento de magias ou simplesmente recebendo pontos ou tirando pontos dos oponentes, assim como as maldições permanentes, cartas traiçoeiras que se recebe ao atingir um certo número de pontos, dificultando progressivamente seus turnos a caminho da vitória.

Quando um jogador atingir onze pontos no tabuleiro ele é declarado o vencedor e o jogo chega ao fim.