Millions: O Último Soldado

 
 
 
2-5
 
7+
 
15 min
 
Designer: David M Santos-Mendes
Mecânicas: Ação Simultânea
Millions: O Último Soldado é um jogo de cartas português do designer David M Santos-Mendes, no qual os jogadores assumem o papel de generais, durante a Primeira Guerra, tentando enviar informações para o soldado português Aníbal Milhais. Lançado originalmente em 2015 pela editora Pythagoras, chegou ao Brasil dois anos depois pela Sherlock S.A.

No início da partida, cada jogador escolhe uma cor e recebe as doze cartas de poder correspondentes. As cartas de pontuação são embaralhadas e colocadas com a face para baixo no centro da mesa, formando um deck. Cada rodada em Millions é divida em quatro fases, o amanhecer, no qual uma carta do deck de pontuação é revelada (podendo ser uma carta de pontuação ou uma carta de Barão Vermelho), o ataque, no qual os jogadores escolhem simultaneamente uma carta de sua mão e posicionam viradas para baixo à sua frente na mesa, o entardecer, no qual é verificado quem venceu a rodada e a noite, na qual as cartas de poder usadas são descartadas na pilha de descarte de seu dono. Quando comparando forças, durante o entardecer, vence o jogador que tiver o maior número único (empates são desconsiderados) no valor de sua carta de poder, pegando para si a carta de pontuação no centro da mesa. Porém, quando a carta presente no centro da mesa é uma carta de Barão Vermelho, o “vencedor” é aquele com o menor valor único.

O primeiro jogador a conseguir descartar todas as cartas de seu monte de compras é automaticamente declarado o vencedor.