Era dos Piratas

 
 
 
2-4
 
12+
 
50 min
 
Designer: Sanderson Virgolino
Mecânicas: Movimento em Grid, Gerenciamento de Cartas,Poderes Distintos, Toma Essa
Era dos Piratas é um jogo nacional, desenvolvido pelo designer Sanderson Virgolino e produzido pela Game Maker. Nele, os jogadores são piratas explorando ilhas, angariando tripulantes e melhorando seus navios além de, obviamente, pilhar e atacar outras embarcações.

Na preparação de Era dos Piratas cada jogador recebe uma cartela de embarcação contendo um poder especial, 4 tripulantes, 3 moedas de ouro, 3 cartas de itens, 3 cartas de objetivo e seus 4 meeples de tripulantes iniciais. As embarcações dos jogadores iniciam com as características idênticas, com o mesmo nível de canhões, navegação e capacidade e cabe aos jogadores melhorarem e explorarem a vantagem de seus poderes especiais durante a partida. Cada jogador, então, posiciona seu barco em um dos espaços iniciais do tabuleiro e se revezam em rodadas até que o jogo termine. Ao longo da partida, os jogadores precisarão completar seus objetivos e conquistar ilhas para adquirir pontos de vitória e se tornar o vencedor.

No turno de um jogador ele recebe 4 Pontos de Ação, os quais podem ser gastos para navegar (mover-se pelo tabuleiro), gastar suas moedas de ouro para comprar novas cartas de itens do mercado, recrutar novos tripulantes pagando 1 moeda por cada (sem exceder o limite a capacidade do seu navio), saquear ilhas para receber 3 moedas de ouro ou melhorar características de seu barco pagando o custo correspondente. Ao navegar até uma ilha que não seja sua, o jogador em questão revela uma carta de ilha do baralho e poderá tentar conquistá-la de duas formas: pelo Desafio ou pela Exploração. O Desafio de cada ilha é representado pelo ícone à esquerda da carta próximo ao ícone de duas espadas. O jogador deverá rolar o número de dados igual ao seu nível de canhão e conseguir rolar resultados iguais ou superior ao nível de Desafio da ilha que deseja conquistar. A segunda opção, a conquista por Exploração, exige que o jogador descartar uma quantidade de tripulantes igual ao calor de exploração da ilha, mostrado à direita da carta, próximo ao ícone de duas pás. Caso o jogador seja bem sucedido ele recebe o lucro mostrado no ícone verde da carta, mas caso falhe, ele recebe o prejuízo mostrado no ícone vermelho. O jogador, então, guarda aquela ilha para si e poderá usar, uma vez por rodada, a vantagem daquela ilha.

Em Era dos Piratas, os jogadores poderão se enfrentar quando encontram-se em um espaço de ilha: cada jogador participando do combate faz uma jogada de ataque, rolando dados e descartando tripulantes do adversário igual ao número de sucessos dos dados. O jogador perderá o combate se desistir ou se for acertado por uma taque e não puder mais descartas tripulantes. O vencedor recebe 1 ponto de vitória e o perdedor é mandado de volta ao seu espaço de ilha inicial. Além dos combates, os jogadores também podem interagir entre si jogando cartas de item. Estas cartas podem ser utilizadas a qualquer momento, seja no seu turno ou no turno de oponentes e realizam imediatamente o seus efeito, sendo descartadas em seguida. Estas cartas podem fazer jogadores perderem a sua vez, forçá-los a descartar tripulantes ou até mesmo reduzir temporariamente o nível de uma característica de um adversário.

Quando o número de rodadas se esgota ou quando um dos jogadores conquistou 4 ou mais ilhas, a partida termina. Os jogadores contam os seus pontos, somando os valores das ilhas conquistadas, de seus objetivos e batalhas e aquele que obtiver o maior resultado será considerado o vencedor.